Psicologia positiva

1372131

Um novo paradigma para a Psicologia Contemporânea, a psicologia positiva é um termo amplo que engloba o estudo dos aspectos saudáveis do viver. Ela estuda as emoções positivas (felicidade, prazer), traços positivos do caráter ( sabedoria, criatividade, coragem, cidadania, etc.), relacionamentos positivos ( amizade, confança, vínculos afetivos saudáveis) e as instituições positivas (escolas, empresas e comunidades).

Ao contrário da psicologia tradicional, que se foca no estudo e tratamento de distúrbios como a depressão e ansiedade, o novo campo da psicologia positiva se propõe a focar mais nas forças que nas fraquezas. Busca promover mais as qualidades do viver do que reparar o que vai mal.

Não se trata do que conhecemos como pensamento positivo, se trata de uma abordagem científca do que torna a vida plena e feliz. Uma característica central da psicologia positiva é que todas suas aplicações são impiricamente testadas e informadas.

A Psicologia Positiva não trabalha sobre os problemas das pessoas e como remediá-los, ela busca compreender a ciência e a anatomia da felicidade, das experiências positivas, do otimismo e do altruísmo, ela aponta para uma visão de que a saúde psicológica é muito mais do que a ausência de sintomas.

NESTA VISÃO, UMA VIDA PLENA INCLUI:

Satisfação. Viver com alegria, felicidade e prazer. Ter emoções positivas.
Engajamento. Viver o melhor de si. Usar as próprias forças e virtudes do caráter.
Sentido. Encontrar um sentido na vida. (Missão, visão e Valores)
Relacionamentos. Ter relacionamentos saudáveis, com vínculo e apoio mútuo.

Fonte: IBC e imagem internet

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *