PRODUÇÃO DE NOVOS CONHECIMENTOS NAS EMPRESAS REVISTA SER MAIS Ano 3 No. 36

6051454As perguntas a seguir, nos leva a pensar fortemente sobre os conceitos de Gestão de Pessoas.

1. Como lidar com as ideias que surgem e são implantadas nas empresas. Elas são de propriedade empresa?

2. Qual a situação do funcionário que apresentou?

Para respondê-las, é necessário falar de Gestão de Pessoas. “Gestão de Pessoas é o conjunto integrado de atividades de especialistas e de gestores – como agregar, aplicar, recompensar, desenvolver, manter e monitorar pessoas – no sentido de proporcionar competências e competitividade à organização”. (CHIAVENATO, 2008, p. 9).

Desta maneira fica claro que nos dias atuais, o grande diferencial competitivo das organizações são as pessoas e a forma como elas percebem a empresa, e esta imagem, caracteriza-se pela obtenção de resultados positivos para a organização.

Assim também podemos ver a inovação como a chave principal para o sucesso de uma organização em todos os aspectos. E quando este conceito torna-se prioridade em uma empresa, o RH acaba exercendo um papel estratégico e muito importante, pois este através de práticas de gestão de pessoas estimulará os colaboradores para que eles enxerguem esta necessidade e contribuam através de ideias inovadoras e construtivas. No entanto, para que as boas ideias surjam e proporcione a inovação, necessária uma cultura aberta e democrática, com Programa bem estruturado de sugestão de ideias. Então, convidar as pessoas a participarem ativamente, é a melhor forma de identificar soluções para os problemas organizacionais, tendo em vista que quem sabe melhor as falhas e oportunidades de melhorias do trabalho são as pessoas que desempenham as atividades.

No passado não muito distante, as organizações exigiam que as pessoas tivessem um comportamento burocrático e repetitivo. O foco era apenas concentrado na eficiência, onde as coisas tinham que ser feitas de acordo com os procedimentos e regras. Neste contexto as pessoas não tinham liberdade para pensar, e apenas seguia rigorosamente as ordens e executavam suas tarefas. Nesta época pouco se pensava na estimulação de sugestão de ideias como estratégia para aumentar a motivação, clima e resultados. No máximo haviam caixas de sugestões sem objetivos claros, as quais não eram utilizadas de forma adequada pela empresa. Desta maneira ocorria o efeito contrário as boas práticas de gestão de pessoas, a desvalorização, desmotivação, clima organizacional comprometido, imagem negativa da empresa pela falta de reconheciomento e crédito pelas ideias sugeridas. E não podemos deixar de citar que devido a essa falta de visão estratégica, algumas ideias de colaboradores foram apropriadas e implementadas sem ser dado o devido reconhecimento e premiação. Obviamente que nestes casos a situação do funcionário que apresentou a ideia, era de desreipeito e contrangimento.

Devido as mudanças, as organizações estão adotando outros critérios no que diz respeito ao comportamento das pessoas. Hoje não basta a eficiência, mas também é necessário um comportamento criativo e inovador. A mudança se faz necessária em todos os aspectos organizacionais, inclusive no comportamento das pessoas, portanto a criatividade é essencial para o desenvolvimento das organizações. O RH e os gestores precisam utilizar de forma bem efetiva todas as vantagens de participação e envolvimento das pessoas para estimular a criatividade individual e grupal.

Segue abaixo algumas dicas do Consultor americano Bob Nelson, especialista motivacional, para a implantação de um processo de sugestões:

* Elimine o preconceito de que todas as pessoas assalariadas não estão interessadas em sugerir melhorias.

* Certifique-se de que todas as sugestões sejam lidas e avaliadas.

* Comunique o que aconteceu com cada uma das ideias.

* Tente usar o máximo de sugestões possíveis.

* Agradeça pessoalmente cada uma das pessoas que contribuíram, independentemente da ideia dada.

* Divulgue o impacto positivo das ideias implementadas para incentivar ainda mais a participação das pessoas.

* Enfatize que qualquer ideia é bem-vinda, e não apenas aquelas que são grandes, como economizar X%, aumentar as vendas em Y%. As pequenas também são válidas e contribuem para a organização.

* Gaste sua energia arranjando formas de implementar a ideia, e não razões para rejeitá-la.

* Certifique-se de que a missão e os valores da empresa estejam bem internalizados entre a equipe para que as sugestões estejam mais de acordo com a estratégia da
empresa.

* Com o tempo, vá “educando” seus funcionários na arte de sugerir ideias. Peça que estejam relacionadas a um resultado claro, como aumentar a produtividade, economizar tempo ou dinheiro, potencializar oportunidades, simplificar de alguma forma a vida deles ou a dos clientes ou reduzir processos sem danificar a qualidade.

É bastante interessante citar alguns “cases” de implantação de Programa de Sugestão de Ideias que foram bem sucedidos.

Então vamos falar do Programa: “Ideias que valem muito”, adotado pela ArcelorMittal Tubarão (Por: Mariana Basso, revista Melhor gestão de pessoas). A ArcelorMittal Tubarão, Grande Vitória – ES, uma das maiores produtoras de aço do país, especializada em aços planos. Vigente desde março de 1984, o Programa de Melhorias foi concebido como forma de incentivo à criatividade e à participação dos colaboradores no aperfeiçoamento das operações com as quais estão envolvidos no dia a dia. Seu
desenho foi baseado em um modelo aplicado em empresas japonesas, que foi bem-sucedido, sendo adaptado de acordo com as particularidades culturais brasileiras. Atualmente, a metodologia funciona como um sistema de premiação, clara e explícita, da capacidade dos funcionários em avaliar problemas e propor soluções para o desenvolvimento contínuo de suas atividades. Desde a sua implantação, o programa já propiciou a execução de 4.364 projetos. A partir de 2002, ano em que o método passou a ser informatizado, até 2011, foram implementadas 2.759 ações de melhorias sugeridas pelos funcionários, o que resultou em uma economia anual de 595 milhões de reais para a indústria. Durante o mesmo período, foram investidos 2,5 milhões de reais em bonificações para os 3.841 autores dos projetos. “Atribuímos esse retorno financeiro ao esforço, à ousadia e ao comprometimento dos colaboradores que, por meio de suas opiniões e sugestões, vêm realizando projetos focados nos valores e em resultados para a organização”, afirma a gerente de remuneração e desenvolvimento da ArcelorMittal Tubarão, Juliana Oliveira Almeida.

Outro “case” bastante interessante é o da Todeschini, onde a empresa cria moeda para premiar ideias inovadoras. “Libra sisterlina” é o nome da moeda que a empresa de móveis Todeschini criou para estimular a produção de ideias inovadoras entre os colaboradores.

Todas as semanas, eles se reúnem durante uma hora em grupos operacionais e sugerem melhorias em processos, produtos e no próprio ambiente de trabalho, conforme diretrizes do Programa SOL (soluções, oportunidades, líderes). Os autores das ideias implantadas são premiados com a moeda, válida exclusivamente no território do SISTE (Sistema Todeschini de Excelência). As “libras sisterlinas”possuem liquidez e podem ser trocadas por dinheiro na agência bancária localizada no interior da fábrica. A moeda tem sistema de câmbio e flutuação: sua cotação varia de acordo com o percentual realizado das metas de cada setor definidas para o semestre. Quanto mais alto o percentual realizado, maior a valorização da moeda. Caso contrário, pode ser guardada para troca em novo momento de valorização.

Quando a ideia é implementada, o grupo que a propôs recebe 5 “libras sisterlinas” e pode concorrer à Melhor Ideia do Mês. Caso vença, cada integrante do grupo ganha 100 libras e a ideia pode concorrer à Melhor Ideia do Ano. Já, se vencer a Melhor Ideia do Ano é premiado com 2 mil libras para dividir entre os integrantes. Mais de 1,8 mil sugestões foram implantadas em 2011. Uma das iniciativas premiadas foi à substituição do PVC do revestimento interno de gavetas por plástico de garrafas PET recicladas. Somado ao menor custo ambiental, a ideia foi aprovada por mostrar que o revestimento com PET apresenta maior resistência se comparado ao PVC. (ABRH – Nacional).

Cenibra premia sugestões de empregados, o Programa foi criado em abril de 2002 com o objetivo de valorizar a inovação, a competência, o compromisso e a contribuição dos empregados. Desde 2002, foram implantadas 897 propostas. Em 2011 foram 36 propostas implantadas. Dentre os critérios para premiação estão: retorno mensurável ou imensurável, autor com maior número de propostas implantadas, coordenador da área que implantou mais sugestões e proposta com maior retorno mensurável. Esta iniciativa faz parte das ações previstas pelo Sistema Integrado de Gestão da CENIBRA. O Sistema promove a gestão integrada da qualidade, do meio ambiente, da segurança e saúde ocupacional. Para incentivar os empregados a participarem da melhoria dos processos produtivos, proporcionando resultados positivos para o desenvolvimento técnico e pessoal, a empresa mantém juntamente como Programa de Sugestões (PSC), os Círculos de Controle de Qualidade (CCQ), que apresentam soluções criativas para problemas relativos à operação e produção. (http://www.cenibra.com.br).

Para concluir podemos dizer que é natural que haja dificuldades dentro das organizações, talvez a diferença de uma para outra esteja no grau das dificuldades ou dos problemas. E se isto não for considerado, podemos constatar que isto já é um problema. E assim os Programas de Sugestões podem ser uma estratégia bem interessante, podendo ser implantados para correção destes problemas e para sugestões de outras melhorias dentro do ambiente da empresa. Estes Programas ao mesmo tempo em que geram benefícios para a empresa, proporciona ao colaborador maior motivação e um sentimento de importância, e assim torna-se cada vez mais comprometido e parte integrante da organização.

Nadir Paes

Master Coach e Psicóloga
nadirpaes@nadirpaescoach.com
(13) 9148-7260

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *