Mudança de mindset para ter uma vida saudável e o peso ideal

Mindset fixo e progressivo

Nos processos de transformação, mudanças de hábitos e emagrecimento, é muito importante ter pensamentos positivos.

Minha missão de vida é através das minhas virtudes: foco, humanidade e dinamismo ser facilitadora do processo de autoconhecimento e desenvolvimento de pessoas para que alcancem a alta performance e os seus objetivos planejados.  Por esta razão cada vez mais eu quero ajudar mais e mais, eu quero motivar e inspirar as pessoas a estarem felizes consigo, tendo mais equilíbrio e harmonia nas quatro dimensões do Ser: corporal, mental, emocional e espiritual.

E o maior segredo deste processo de transformação é entender que o emagrecimento é uma decisão de mudança de hábitos, e para isto acontecer é preciso mudar, primeiramente o mindset, o seu padrão mental. A autora do livro Fit to Live, Pamela Peeke, resume essa afirmação de maneira precisa, onde ela afirma que se quisermos ter sucesso no emagrecimento, precisamos primeiramente eliminar a nossa gordura mental. Só assim será possível eliminar a gordura da cintura.

Embora a genética seja uma das maiores justificativas para o não emagrecimento, a grande parte dos casos de obesidade são causados ​​por decisões não assertivas de estilo de vida, e não exatamente por fatores genéticos. Portanto, mudar a mente e parar a autossabotagem é determinante para o sucesso de todo e qualquer processo para alcance de resultado para o peso ideal. Então, o primeiro grande passo para o emagrecimento é a mudança de padrão mental, mudança de mindset.

Para manter o corpo saudável e com peso ideal, temos que ter primeiramente uma mente magra.  No entanto, o que mais acontece é que a maioria das pessoas buscam emagrecer com o pior estado mental possível, decidindo por dietas malucas e ficando obcecadas somente com os resultados. Normalmente também se concentram em soluções a curtíssimo prazo e perdem a visão da sustentabilidade do processo.

Com os conhecimentos que possuo da Psicologia posso afirmar que podemos nos tornar o que vemos de nós na nossa identidade central. Se me vejo com o excesso de peso, não gostando de fazer exercícios, certamente o corpo e mente atuarão em conformidade com aquilo em que penso e acredito sobre mim; e isso tem até mesmo explicações biológicas e fisiológicas. Pesquisas publicadas pela Medicina Psicossomática mostram que o cortisol tende a aumentar sempre que estamos preocupados com a nossa forma, o que pode ocasionar o aumento da distribuição de gordura em volta do abdômen.

Felizmente a nossa mente tem plasticidade e é bastante flexível, desta maneira podemos usar esses recursos para transformá-la, para que assim possamos alcançar os resultados planejados, o nosso peso ideal.

Para te ajudar na mudança de mentalidade, e consequentemente na mudança de suas ações, comportamentos e nos seus resultados, deixo aqui dez dicas preciosas:

1 – Busque ter clareza de objetivos

Emagrecer deve ser o resultado, porém não pode ser o objetivo. Em vez disso, seus objetivos devem ser sua transformação, as mudanças de hábitos, alimentação saudável, ter uma melhor rotina de vida; enfim, ter atitudes e comportamentos possam te ajudar a emagrecer como consequência. Se o emagrecimento for o único objetivo, ao alcançar o peso sonhado, você abandonará as mudanças que realizou e poderá viver o famoso efeito sanfona.

2 – Pense positivamente

Procure pensar de forma positiva a respeito de si, sobre as pessoas e sobre o mundo, pois os nossos sentimentos e comportamentos se desencadeiam da nossa forma de pensar. Podemos criar ambientes e um mundo positivo e saudável a partir de nossos pensamentos.

3 – Ressignifique recompensas e punições

A comida não é uma recompensa, e o exercício não é uma punição. Ambos são sim os melhores modos de cuidar do seu corpo e da sua saúde. Lembre-se que você merece os dois, portanto tenha sempre em mente que fazer escolhas saudáveis ​​é uma maneira de praticar o autocuidado.

4- Imagine-se saudável e magro

Se você quer ser saudável e magro, imagine-se saudável e magro. Visualize o seu futuro, daqui três, seis meses ou um ano. Procure ver fotos antigas, quando estava mais magro, e coloque-as em um lugar como uma lembrança da sua meta. Pense também nas atividades que quer fazer, mas que ainda não pode por causa do seu sobre peso. 


5 – De atenção a sua respiração

Deite de costas com as pernas estendidas e coloque uma mão em seu estômago e uma em seu peito. Respire pelo nariz por quatro segundos, segure por dois e expire pela boca por seis. Esta atitude vai ajudá-lo a definir suas intenções, conectar-se com seu corpo e até mesmo reduzir a resposta ao estresse do seu corpo.

6 – De uma folga ao calendário

Não lhe imponha prazos malucos com metas de emagrecimento que só lhe causarão ansiedade.  Concentre-se em alcançar objetivos verdadeiramente possíveis, como andar x quilômetros todos os dias, por exemplo. A paciência é muito importante quando você está emagrecendo de forma saudável e sustentável. Cada dia vem com um novo sucesso. Concentre-se neles.

7 – Faça do exercício uma atividade divertida

Procure uma atividade física que seja divertida, isso é muito importante, porque você terá maior probabilidade de incorporá-lo à sua rotina semanal. Exercitar-se com amigos ou em um grupo pode ser motivacional, tornando o exercício uma tarefa agradável.

8 – Crie um plano de ação detalhado

Planeje suas refeições saudáveis e sua rotina de exercícios para o dia seguinte. Planejar com antecedência é 80% do sucesso nessa jornada. Se você tiver em mãos um plano detalhado, os resultados virão. Prepare frutas secas, vegetais ou barras de substituição de refeições para que você não se sinta tentado a comer os tipos errados de alimentos no trabalho. Faça de sua saúde uma prioridade, criando tais passos em sua vida e, em última instância, esses comportamentos saudáveis se tornarão novos hábitos.

9 – Esqueça a classificação entre alimentação boa ou ruim

Em algum lugar, ao longo da nossa vida, aprendemos a sentir orgulho ou culpa por cada escolha de comida que fazemos. Mas isso é apenas alimento, e você não deve ter que se sentir culpado por querer comer um doce uma vez ou outra. Tendo hábitos saudáveis como parte da sua vida, todos os alimentos se encaixam.

10 – Mantenha o controle

Pese-se regularmente e mantenha anotações, detalhando o que você come, quanto você se exercita, suas emoções e suas medidas. Estudos mostram que o acompanhamento desta informação ajuda a promover comportamentos positivos e a minimizar os ruins. Só de saber que você está rastreando e controlando sua ingestão de alimentos, isso pode ajudá-lo a resistir a um pedaço de bolo.

Se você está disposto a implementar estas e outras mudanças para conquistar uma vida saudável e o corpo que sempre sonhou eu quero te ajudar nesta jornada. Para isto quero ser sua Mentora no PES Programa de Emagrecimento Sustentado. Saiba mais sobre o PES me enviando uma mensagem no meu Wthsapp: (13) 99148-7260

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *