fbpx

COMO MANTER O EQUILÍBRIO EMOCIONAL

[et_pb_section bb_built=”1″ next_background_color=”#000000″][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text]

O Controle das emoções é a habilidade de lidar com os próprios sentimentos, adaptando-os conforme a situação e expressando-os de maneira saudável para si e para o grupo no qual está inserido.

O equilíbrio entre razão e emoção é o caminho mais satisfatório. Os excessos trazem consequências desagradáveis e podem nos prejudicar. O foco em excesso na razão nos leva a vivenciar e expressar pouco as emoções, absorvendo  toda a carga emotiva.

A pessoa mais sensível, que expressa seus sentimentos com facilidade, pode agir por impulso e gerar situações sociais desconfortáveis. O conhecimento das emoções e sentimentos, ou seja maturidade emocional, bem como conhecimento dos limites suportados é um primeiro passo para desenvolver equilíbrio emocional.

Lidar com a emoção e a razão em proporções satisfatórias nos leva a ter posicionamentos saudáveis diante das circunstâncias vividas, nos proporcionando um modo de vida mais estruturado, adequado à sociedade e, principalmente, saudável para si mesmo.

Uma pessoa que é tomada pelas emoções, agindo de modo impulsivo, geralmente, envolve-se em relacionamentos conflituosos, perde oportunidades de trabalho, arrepende-se de suas atitudes, gerando tumulto em sua vida e na dos próximos. E sobretudo sente-se culpada da maneira em que agiu, e isto pode afetar a autoestima e autoimagem.

Por outro lado, quando reprimimos nossas emoções, não necessariamente estaremos utilizando só a razão para resolver nossas questões. As emoções podem afetar nossas decisões e posicionamentos diante da vida, porém os sentimentos não são expressos. A falta de manifestação das emoções e dos pensamentos provoca dificuldades na comunicação com outras pessoas. Nossas decisões e atitudes pouco efetivas, podem desencadear dificuldades nos relacionamentos pessoais e sociais, e principalmente, a possibilidade de somatização da carga emotiva.

 

Dicas para cuidar das emoções e manter o equilíbrio emocional, ajudando a manter a saúde das suas emoções e a saúde do seu cérebro.

 

  • Autoconhecimento,

 

  • Aprender a interpretar e a verbalizar sentimentos,

 

  • Fazer exercícios de reflexão e meditação,

 

  • Reservar momentos para atividades cuidadosas e prazerosas e cuidados consigo,

 

  • Manter relacionamentos saudáveis com família e amigos,

 

  • Reconhecer os próprios limites e procurar ajuda quando necessário,

 

  • Procurar manter sempre uma atitude mental e emocional positiva,

 

  • Praticar exercícios físicos regularmente,

 

  • Ser grato e valorizar as conquistas e tudo que tem,

 

  • Ter um sono de qualidade,

 

  • Identificar e ressignificar as crenças de baixa autoestima e desvalorização pessoal.

 

 

 

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built=”1″ _builder_version=”3.5.1″ saved_tabs=”all” custom_padding=”0|0px|0|0px|false|false” global_module=”3329″ prev_background_color=”#000000″][et_pb_row global_parent=”3329″ _builder_version=”3.5.1″][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_code global_parent=”3329″ _builder_version=”3.5.1″][wp_bannerize_pro categories=”emocao” orderby=”random” numbers=”1″][/et_pb_code][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.