Teste DISC

Inventário de tendência comportamental

A matriz dos fatores DISC: Dominancy (D), Influency (I), Stability (S) e Conformity (C), é uma teoria criada pelo psicólogo americano Dr. William Moulton Marston em seu livro “Emotions of Normal People”, (1928), publicado pela primeira vez em português no ano de 2014, com o nome de “As Emoções das Pessoas Normais”, que determina alguns padrões comportamentais de acordo com os fatores DISC. A partir desta teoria, foram elaboradas ferramentas para avaliação e análise de perfil comportamental, sendo o primeiro instrumento de mensuração (Activity Vector Analysis) desenvolvido por Walter Clarke (1945).

O DISC é um método para avaliar o comportamento das pessoas em um determinado ambiente. Para Marston, existem quatro tipos básicos de comportamentos previsíveis observados nos indivíduos, e tais respostas comportamentais ocorrem a partir da combinação de duas dimensões: uma interna (referente à percepção do poder pessoal no ambiente) e a outra externa (percepção da favorabilidade do ambiente).

Nossa individualidade é bem mais complexa do que sugere inicialmente qualquer modelo. A singularidade de cada pessoa, aqui, pode ser compreendida a partir da ideia de que somos compostos por um ou dois estilos principais de comportamento que se destacam frente aos demais. De qualquer forma, estas intensidades são combinadas com as intensidades dos demais fatores e assim é definido nosso padrão de comportamento.

Cada um dos padrões comportamentais tem um valor único em termos de características gerais, motivações, contribuições para a equipe e para a organização, ou seja, não há um melhor do que outro. As tendências de cada padrão podem ser funcionais ou disfuncionais dependendo da intensidade de uso dos comportamentos e dos requisitos específicos do ambiente ou dos desafios.

As avaliações são feitas testando as preferências da pessoa, a partir da associação entre palavras.

 

DISC é um acrônimo para:

Dominância – relativo a como a pessoa ultrapassa barreiras, como lida com problemas e desafios.

Influência – relativo a como a pessoa se relaciona, lida com pessoas e como influencia os outros.

eStabilidade – relativo a como a pessoa lida com mudanças e seu ritmo.

Conformidade – relativo a como a pessoa lida com regras, normas e procedimentos estabelecidos pelos outros.

 

Referências

As Emoções das Pessoas Normais – Marston, William Moulton – 2014