preloder
MULHERES FORTES E PROTAGONISTAS!

MULHERES FORTES E PROTAGONISTAS!

“Nada de palavra negativa. Quanto mais você diz estar ficando cansada e esquecida, mais esquecida fica. Você vai se convencendo daquilo e convence os outros. Então silêncio!” – Cora Coralina

 

Cora Coralina foi uma mulher positiva, determinada e sábia que viveu muitos anos à frente da sua época. Para o poeta Carlos Drummond, Cora Coralina, “pela tocante criação poética e ainda pela corajosa atuação humana, trouxe alta contribuição para o reconhecimento da dignidade da condição da mulher, em meio ainda tão cheio de preconceitos como o do nosso país”.

 

Cora Coralina é uma mulher interessante que tinha uma visão humanista, que cumpriu sua missão e que deixou o seu legado no mundo, pois soube com sua verdade, sensibilidade e coragem se conectar profundamente com as pessoas, independentemente do sexo. Embora não tenha sido considerada uma feminista, a maneira como ela se posicionava em sua obra deixa evidente que lutava para uma vida digna e de igualdades para as mulheres.

 

Nesta frase Cora Coralina demonstra sua fé e seu positivismo frente a vida, bem como deixa claro os seus conhecimentos sobre as influências dos pensamentos e sentimentos negativos sobre a nossa comunicação, maneira de agir e os resultados de nossas ações.

 

Ela fala diretamente às mulheres, como se fizesse um convite a valorização e empoderamento do feminino. E ainda aconselha: se não tem algo de positivo para dizer, “então silêncio! Ela sempre soube que palavras eram geradas dos pensamentos e sentimentos e estas criavam a realidade

 

A citação da Cora Coralina, se conecta plenamente aos ensinamentos da Neurociências, Psicologia Positiva e Coaching. Na minha prática como Coach eu utilizo estes conhecimentos para realizar a programação mental positiva no meu Coachee, cliente de se beneficia do processo de Coaching.  O nosso cérebro não sabe o que é real ou imaginário, portanto a energia do nosso pensamento e sentimento cria a nossa realidade. E se estivermos mental e emocionalmente positivos as possibilidades de resultados positivos frente as nossos objetivos, certamente serão bem maiores.

 

Esta forma de pensar e agir tem impactado positivamente minha vida pessoal, bem como a vida dos meus Coachees.

 

A citação de Cora Coralina ocasionou impactos positivos nas mulheres do seu tempo e vem com certeza, impactando também as mulheres da atualidade.

 

Falando de algo bastante atual, a vitória olímpica da judoca Rafaela Silva, é bom lembrar que o foco no positivo foi fundamental para a superação e conquista da medalha de ouro. A judoca mesmo tendo sofrido severas críticas, injúrias e preconceitos depois da derrota em Londres, o que a deixou profundamente triste, mesmo com tudo isto não permitiu que a peteca caísse.

 

O trabalho de autoconhecimento, conexão com as forças internas e a programação mental positiva foi muito importante para a volta por cima da judoca. Nell Salgado a coach da Rafaela Silva explica sobre seu trabalho, “o coaching é um trabalho de reprogramação mental. Normalmente esse profissional é acionado quando um atleta se sente pronto fisicamente e tecnicamente, mas, ainda assim, tem questões pontuais interiores a serem resolvidas. Muitas vezes é algo que ele mesmo precisa descobrir e transformar”.

 

Outra frase que me lembrei agora foi dita por Ivete Sangalo, uma cantora bem sucedida e uma mulher de muita determinação e carisma. “Quem derruba a gente é agente mesmo”. Quanto mais sofrermos com os impactos do meio externo significa que estamos poucos fortalecidos dentro, e desta maneira podemos ficar bem perto da vitimização, viver a vida toda procurando culpados ou se culpando. O nosso maior adversário está dentro de nós mesmos, e segundo Tim Galwey, autor do livro the Inner Game of Tennis. Segundo ele o jogo se desenrola na mente do jogador e é jogado contra obstáculos como falta de concentração, ausência de confiança em si mesmo, autocondenação – todos hábitos da mente, que inibem a excelência do desempenho.

Todos os aprendizados que obtive nas minhas formações em Coaching eu apliquei na minha vida pessoal e profissional e venho aplicando na vida dos meus Coachees. E o autoconhecimento, conexão com nossos talentos, ressignificação de crenças limitantes, conexão com valores e missão de vida, é que nos possibilita ampliação de consciência e lucidez para tornarmos verdadeiramente protagonistas de nossa história.

 

Eu decidi ser protagonista da minha história! E você é protagonista da sua história ou aceitou o papel de coadjuvante?  Reflita sobre isto e decida fazer o papel principal da sua história. Você pode, acredite!

 

 

Leave a reply