preloder
SETE ELEMENTOS IMPORTANTES PARA VOCÊ SER UM COACH UP, UM COACH DE SUCESSO

SETE ELEMENTOS IMPORTANTES PARA VOCÊ SER UM COACH UP, UM COACH DE SUCESSO

1º. Elemento: CLAREZA DO QUE QUER. Ter clareza dos objetivos é um ponto de extrema importância, clareza de onde se quer chegar, a visão. Ter clareza de onde você está hoje e onde você quer chegar a curto, médio e longo prazo. Fazer uma Ponte ao Futuro, desenhar o futuro na mente, sentir o futuro no presente.  Estatus Quo – Ponto de partida – avaliação da situação e contexto atual e alinhamento do estado ideal, resultado esperado.

 

2º. Elemento: HISTÓRIA. Honrar é respeitar nossa história é nosso maior tesouro, nosso maior poder. Potencializar os nossos momentos poderosos os na vida, momentos de superação e ressignificar os momentos de adversidades e dificuldades, e sobretudo aprender com eles. Fazer de nossa história uma metáfora para inspirar e motivar outras pessoas. A nossa história é o nosso maior ativo na vida.

 

3º. Elemento: MÉTODO. É importante seguir um método cientificamente comprovado. E o Coaching chega ao Brasil com resultados comprovados no mundo. O método é o passo a passo a seguir. Pois desta maneira temos como mensurar os resultados. O Coaching é um método usado largamente mundo afora tanto no contexto profissional como no pessoal. Essa metodologia trabalha a estrutura racional /cognitiva e a inteligência emocional, os dois hemisférios do cérebro. No processo de Coaching, o primeiro passo é estabelecer o estado atual, ou seja, todos os detalhes da situação atual do cliente. O segundo passo é estabelecer detalhadamente onde o cliente quer chegar (estado desejado). Tendo estabelecido estes dois pontos, o Coach conduz seu Coachee na elaboração de um minucioso plano de ação que fará o cliente trafegar da posição A (estado atual) para a posição B (estado desejado) em um tempo recorde. Método é a forma de fazer algo que milhares de pessoas fizeram e mediram resultados, e assim a  chance de dar certo é muito grande.

 

4º. Elemento: FERRAMENTAS. É importante ter um arsenal de pelo menos dez/quinze ferramentas, uma para cada sessão. As ferramentas são temas da sessão, e ajuda o Cochee no seu processo de autoconhecimento, decisão e ação. E durante o desenvolvimento de cada tema são utilizadas as técnicas como: rapport, perguntas poderosas, local seguro, recapitulação, expansão, ressiginificação, co-criação, escala, ancoragem…desconexão.

 

5º. Elemento: COMPETÊNCIAS DO COACH. COMUNICAÇÃO: O Coach deve possuir habilidade em saber ouvir, perguntar, estabelecer empatia e gerar novas opções e entendimentos. MOTIVAÇÃO: O Coach deve motivar, apoiar, entusiasmar, dar suporte e aumentar o nível de autoconfiança e autoestima do Coachee. PLANEJAMENTO: O Coach deve gerar foco, planejar, segmentar sonhos e objetivos, esclarecer propósitos e missão, identificar crenças e valores. TRANSFORMAÇÃO: O Coach deve promover melhoria contínua, mudanças e transformações pessoais. VISÃO SISTÊMICA: O Coach deve entender os processos e contribuir para a estruturação de planos, passos e etapas para gerar resultados continuamente. ÉTICA E CARATER: O Coach deve agir com ética e caráter durante as sessões. NÃO JULGAMENTO: O Coach deverá se manter neutro, livre de julgamentos e pré-conceitos durante todo o processo de Coaching. FOCO NO FUTURO: O Coach deve gerar sempre foco no futuro e nos resultados desejados e definidos pelo Cliente. AÇÃO: O Coach deverá sensibilizar, motivar e promover fortemente a ação do Cliente.

 

6º. Elemento: PAIXÃO. Temos que ter paixão pelo que fazemos, se não tiver sentido o que fazemos a vida fica vazia e sem propósito. Saber escolher o Nicho dentro do Coaching é saber remunerar a paixão. “ESCOLHA UM TRABALHO QUE VOCÊ AME E NÃO TERÁ DE TRABALHAR UM ÚNICO DIA DE SUA VIDA.” – Confucio

 

7o. Elemento. EMPREENDER. Além da visão do propósito e missão bem alinhados, é necessário desenvolver também uma visão do Coaching como negócio.  Como um Coach empreendedor deverá aprender u ampliar os conhecimentos sobre planejamento para criar e executar um plano de negócio. Também aquirir conhecimentos ou aprofundar nos aprendizados das ferramentas e técnicas de marketing digital, mídias e mercado.

 

 

 

 

COACHING É ALIADO EM MUDANÇA DE CARREIRA

COACHING É ALIADO EM MUDANÇA DE CARREIRA

A coach Nadir Paes explica como técnica pode ajudar profissionais descontentes a trocar de profissão

 

A crise econômica provoca efeitos que se reflete de diversas maneiras no dia a dia da população, incluindo no trabalho. Em muitos casos, funcionários que não são demitidos acabam acumulando funções de ex-colegas, gerando estresse e insatisfação. Diante deste cenário, uma nova profissão com outras perspectivas pode ser fundamental para recuperar a satisfação profissional.

 

Por não ser um processo fácil, o coaching pode ser indispensável nessa mudança de ares. “O coach de carreira ajuda a fazer planejamento profissional abrindo novas perspectivas de sucesso em momentos como transição para uma nova carreira, promoção e retorno ao mercado de trabalho”, conta Nadir Paes, coach e especialista em gestão de pessoas.

 

A técnica é fundamental para trabalhar os sonhos da vida profissional de maneira realista e consistente, possibilitando o entendimento do momento profissional atual e gerar vários cenários de desenvolvimento para que a transição tenha bons resultados.


Como funciona

O coaching atua principalmente na parte psicológica, possibilitando que o coachee – pessoa que passa pelo processo de coaching – desenvolva atitudes capazes de alcançar conquistas profissionais e pessoais. “O processo de coaching é uma oportunidade de visualização clara dos aspectos individuais, de aumento da autoconfiança, de quebras de padrões mentais limitadores, para que as pessoas possam se conhecer, atingir o empoderamento máximo e alcançar suas metas com assertividade”, explica Nadir.

 

Segundo a coach, a busca pela técnica se torna ainda mais comum em tempos de crise. Isso acontece porque algumas pessoas enxergam uma oportunidade de investir na carreira e se preparar para sair em vantagem quando o mercado de trabalho voltar ao normal.
Uma das carreiras que vêm recebendo investimento é o próprio coach. “No ano passado, o IBC (Instituto Brasileiro de Coaching), onde sou treinadora de novos coaches, teve um aumento nas demandas de mais de 70% com relação ao ano anterior”, diz Nadir.

 

Coach Up – Programa de Mentoria criado por Nadir Paes
A demanda foi tanta que tendo em vista o índice de crescimento da profissão no Brasil, a Master Coach Nadir Paes criou um Programa de Mentoria, o Coach UP para ajudar Coaches a alavancarem a carreira.

 

O foco da mentoria é transferir conhecimentos e experiências para encurtar caminhos e acelerar os resultados do mentorado – neste caso o coach em início de carreira. Por ser focado na troca de experiências, diferentemente do processo do coaching, a mentoria requer que o mentor tenha conhecimento e experiências de sucesso na área de atuação.

 

“O coach, mais do que outro profissional, precisa da ajuda de um outro coach mais experiente. É com os olhos dos outros que nós enxergamos melhor e vemos os resultados que de fato produzimos, nós precisamos dos outros até mesmo quando somos competentes”, recomenda.

 

 

 

 

 

 

 

ERROS QUE COACHES INICIANTES COMETEM E QUE DIFICULTAM A CONQUISTA DO SUCESSO

ERROS QUE COACHES INICIANTES COMETEM E QUE DIFICULTAM A CONQUISTA DO SUCESSO

1º. Erro: Não escolher um nicho

É comum no início de carreira o Coach querer atender todos clientes que surgem, questões de vida, emagrecimento, relacionamento, carreira, executivo. É aceitável esta atuação para os clientes pró bônus, porém começa a ser problema quando muitos Coaches continuam aceitando todo trabalho de Coaching, talvez com receio de diminuir mercado. Na verdade se continuar assim que estará afastando as possibilidades e o sucesso.

Ter um posicionamento e um nicho é muito importante para a conquista do sucesso, pois assim começa a ser visto com alguém capacitado para resolver problemas específicos. Ao ser visto desta forma o Coach ganha autoridade e começa a ser procurado pelo mercado.

Um cliente que deseja emagrecer preferiria um Coach de emagrecimento ou um Coach de atendimento geral?

 

2º. Erro: Falta de autoconfiança para aplicar as ferramentas e conduzir todas as etapas do processo de Coaching.

Quando saímos da faculdade com o “canudo” nas mãos, para ganharmos segurança e nos tornarmos um profissional de sucesso temos que necessariamente, percorrer todo o caminho até o sucesso e esse caminho passa pela prática e pela aquisição de experiência.

O Coach perceberá que atingiu a experiência necessária quando sentir-se seguro o suficiente e for capaz de manter suas sessões fluidas, ouvir na essência, prestar atenção integralmente no discurso do Coachee e fazer perguntas poderosas de maneira natural e intuitiva, de modo a gerar decisões e ações no Coachee.

Como fazer para caminhar o caminho de forma mais rápida?

Dicas de algumas ações:

  • Buscar o máximo de conhecimento e evolução contínua em livros, grupos de estudos, cursos e fóruns;
  • Realizar sessões pró bônus para ter depoimentos e histórias bem sucedidas para contar;
  • Buscar a ajuda de um Coach com mais experiência, uma Mentoria.

 

3º. Erro: Não se perceber como um empreendedor

Para ter sucesso na carreira de Coach, notadamente aqueles quem migram dos trabalhos formais, terão que desenvolver habilidades diferentes das que tinham até então. Como um Coach empreendedor deverá aprender sobre planejamento para criar e executar um plano de negócio. Além de aprender ferramentas e técnicas de marketing digital, mídias e mercado.

Também precisa ter proatividade, coragem para correr riscos e uma rede de networking de profissionais com objetivos comuns.

 

 

 

RODA DA ABUNDÂNCIA DO COACH

RODA DA ABUNDÂNCIA DO COACH

É uma poderosíssima ferramenta de Coaching que foca no positivo, que nos dá uma direção a seguir, que direciona as energias para aquilo que realmente tem sentido em nossa vida, guia nossas atitudes para nosso crescimento e nos traz um senso de gratidão e reconhecimento de nós mesmos e dos outros.

Um ciclo infinito onde todo nosso ser converge para um único objetivo, ser feliz e próspero no sentido mais amplo da palavra, abundância na saúde, alegria, harmonia, amor e finanças.

DECLARARSOLICITARARRISCAR e AGRADECER, significa colocar a nossa Roda da Abundância em movimento em nossa vida.

Quando trabalhamos com estes verbos descobrimos duas atitudes importantíssimas para nossa evolução, o DAR e o RECEBER.

 Para aprender a lidar com a matéria é preciso saber colocar a Roda da Abundância em movimento. A sua habilidade de gerar riqueza é proporcional à velocidade com que a Roda da Abundância gira em sua vida!

O universo é próspero e potencialmente abundante. Em cada dimensão do universo essa prosperidade e abundância manifestam-se de determinada forma. A terra é a expressão máxima da materialidade do universo. Contudo a prosperidade primeiramente precisa existir na forma mais sutil, espiritualmente, para em seguida ser manifestada na forma de bens materiais.

Como anda a sua Roda da Abundância?

Você se sente um Coach próspero? Como está a qualidade de seus pensamentos e sentimentos?

O dinheiro que você tem no banco ou aplicado em outros investimentos é proporcional à qualidade de seus pensamentos em ação. Isso faz sentido para você?

Pedir é fundamental… Você sabe o que pedir e como pedir?

Arriscar é vencer o medo. Arriscar é ousar e, antes de mais nada, confiar!

Existe um poder em agradecer nossas conquistas todos os dias. Agradeça até mesmo o ar que você respira, pelo dom da vida!!!!

Que tipo de pessoa você se enxerga em relação a Roda da Abundância? 

  • AS SOBERBAS– Sabem dar, mas tem dificuldades em receber.
  • AS EGOÍSTAS– Sabem receber, mas não querem dar.
  • AS ESTÉREIS– Não querem dar nem receber.
  • AS PRÓSPERAS– Tanto tem facilidade para dar como em receber. Tem equilíbrio nas ações de dar e receber. São pessoas capazes de gerar prosperidade para si e para aqueles com quem se relacionam.

 

 

MULHERES FORTES E PROTAGONISTAS!

MULHERES FORTES E PROTAGONISTAS!

“Nada de palavra negativa. Quanto mais você diz estar ficando cansada e esquecida, mais esquecida fica. Você vai se convencendo daquilo e convence os outros. Então silêncio!” – Cora Coralina

 

Cora Coralina foi uma mulher positiva, determinada e sábia que viveu muitos anos à frente da sua época. Para o poeta Carlos Drummond, Cora Coralina, “pela tocante criação poética e ainda pela corajosa atuação humana, trouxe alta contribuição para o reconhecimento da dignidade da condição da mulher, em meio ainda tão cheio de preconceitos como o do nosso país”.

 

Cora Coralina é uma mulher interessante que tinha uma visão humanista, que cumpriu sua missão e que deixou o seu legado no mundo, pois soube com sua verdade, sensibilidade e coragem se conectar profundamente com as pessoas, independentemente do sexo. Embora não tenha sido considerada uma feminista, a maneira como ela se posicionava em sua obra deixa evidente que lutava para uma vida digna e de igualdades para as mulheres.

 

Nesta frase Cora Coralina demonstra sua fé e seu positivismo frente a vida, bem como deixa claro os seus conhecimentos sobre as influências dos pensamentos e sentimentos negativos sobre a nossa comunicação, maneira de agir e os resultados de nossas ações.

 

Ela fala diretamente às mulheres, como se fizesse um convite a valorização e empoderamento do feminino. E ainda aconselha: se não tem algo de positivo para dizer, “então silêncio! Ela sempre soube que palavras eram geradas dos pensamentos e sentimentos e estas criavam a realidade

 

A citação da Cora Coralina, se conecta plenamente aos ensinamentos da Neurociências, Psicologia Positiva e Coaching. Na minha prática como Coach eu utilizo estes conhecimentos para realizar a programação mental positiva no meu Coachee, cliente de se beneficia do processo de Coaching.  O nosso cérebro não sabe o que é real ou imaginário, portanto a energia do nosso pensamento e sentimento cria a nossa realidade. E se estivermos mental e emocionalmente positivos as possibilidades de resultados positivos frente as nossos objetivos, certamente serão bem maiores.

 

Esta forma de pensar e agir tem impactado positivamente minha vida pessoal, bem como a vida dos meus Coachees.

 

A citação de Cora Coralina ocasionou impactos positivos nas mulheres do seu tempo e vem com certeza, impactando também as mulheres da atualidade.

 

Falando de algo bastante atual, a vitória olímpica da judoca Rafaela Silva, é bom lembrar que o foco no positivo foi fundamental para a superação e conquista da medalha de ouro. A judoca mesmo tendo sofrido severas críticas, injúrias e preconceitos depois da derrota em Londres, o que a deixou profundamente triste, mesmo com tudo isto não permitiu que a peteca caísse.

 

O trabalho de autoconhecimento, conexão com as forças internas e a programação mental positiva foi muito importante para a volta por cima da judoca. Nell Salgado a coach da Rafaela Silva explica sobre seu trabalho, “o coaching é um trabalho de reprogramação mental. Normalmente esse profissional é acionado quando um atleta se sente pronto fisicamente e tecnicamente, mas, ainda assim, tem questões pontuais interiores a serem resolvidas. Muitas vezes é algo que ele mesmo precisa descobrir e transformar”.

 

Outra frase que me lembrei agora foi dita por Ivete Sangalo, uma cantora bem sucedida e uma mulher de muita determinação e carisma. “Quem derruba a gente é agente mesmo”. Quanto mais sofrermos com os impactos do meio externo significa que estamos poucos fortalecidos dentro, e desta maneira podemos ficar bem perto da vitimização, viver a vida toda procurando culpados ou se culpando. O nosso maior adversário está dentro de nós mesmos, e segundo Tim Galwey, autor do livro the Inner Game of Tennis. Segundo ele o jogo se desenrola na mente do jogador e é jogado contra obstáculos como falta de concentração, ausência de confiança em si mesmo, autocondenação – todos hábitos da mente, que inibem a excelência do desempenho.

Todos os aprendizados que obtive nas minhas formações em Coaching eu apliquei na minha vida pessoal e profissional e venho aplicando na vida dos meus Coachees. E o autoconhecimento, conexão com nossos talentos, ressignificação de crenças limitantes, conexão com valores e missão de vida, é que nos possibilita ampliação de consciência e lucidez para tornarmos verdadeiramente protagonistas de nossa história.

 

Eu decidi ser protagonista da minha história! E você é protagonista da sua história ou aceitou o papel de coadjuvante?  Reflita sobre isto e decida fazer o papel principal da sua história. Você pode, acredite!